5 GEmprego

Bemobi compra a M4U, sua primeira aquisição após IPO

A Bemobi, empresa de distribuição e monetização de apps, jogos e serviços digitais móveis, avisou o mercado nesta sexta, 13, que realizou sua primeira aquisição após a abertura de capital na bolsa de valores brasileira, a B3. No caso, comprou da Cielo a M4U, empresa de tecnologia que desenvolve e opera plataformas de meios de pagamento para vendas digitais de recarga de celulares pré-pagos e na gestão de faturamento e cobrança de planos de telefonia móvel.

A transação envolve o pagamento de R$ 125 milhões na conclusão da operação, sendo que esse montante poderá ser acrescido em até R$ 60 milhões a título de parcela variável, a depender do atingimento de determinadas metas de crescimento financeiras até o final de 2023, fazendo com que o valor potencial máximo a ser atingido possa chegar a R$185 milhões.

O principal produto da M4U é uma plataforma de pagamentos utilizada no modelo “white label” por todas as principais operadoras do Brasil. Esta plataforma permite que os usuários comprem suas recargas e paguem seus planos, em diversos canais digitais, através de cartão de crédito, débito, PIX entre outras opções de pagamentos eletrônicos.

A M4U é um dos maiores provedores de soluções de tecnologia de pagamento para operadoras de telecom no País. Em 2020 sua plataforma gerenciou um volume de pagamentos (TPV) de mais de R$ 6 bilhões.

“É com grande satisfação que comunicamos ao mercado nossa primeira aquisição após nossa abertura de capital. A M4U vai fortalecer nossa posição no segmento de microfinanças em que já atuamos por meio de diversas modalidades de ofertas. Irá trazer também novas competências e mais que dobrará nosso time de tecnologia, com forte know-how na área de meios de pagamentos que irá viabilizar as nossas ofertas e acelerar a democratização do consumo de serviços digitais nos mercados emergentes em que atuamos”, afirma Pedro Ripper, cofundador e CEO da Bemobi.

Plano é comprar mais

No IPO, a Bemobi levantou mais de R$ 1,1 bilhão com o objetivo de viabilizar sua estratégia de crescimento inorgânico, por meio de aquisições, que possuam sinergia com seu modelo já estabelecido de distribuição e cobrança, acelerando assim de forma significativa seu crescimento.

Com mais de 60 milhões de clientes ao redor do mundo, a Bemobi é reconhecida como a Netflix dos apps e games mobile. Nascida no Brasil, em 2009, a empresa é pioneira na oferta de milhares de aplicativos e jogos, de parceiros, como Disney, Viacom, Rovio e Ubisoft, sem anúncios e com todas as funcionalidades liberadas, em troca de uma assinatura.

Utilizando Inteligência Artificial e Machine Learning, por meio da sua plataforma proprietária de distribuição digital (Loop), a Bemobi acompanha a rotina de consumo de milhões de usuários de telefonia móvel, em parceria com algumas das maiores operadoras do mundo, como Claro, Vodafone, Vivo, Tim, Movistar e Oi, para compreender sua jornada e transformar pontos de fricção em canais digitais para levar ofertas relevantes ao contexto de cada usuário de celular no momento certo, no canal mais adequado.

A aquisição da M4U amplia e complementa as opções de serviços de microfinanças oferecidas pela Bemobi no Brasil e cria oportunidades de intensificar o processo de consolidação internacional ao ofertar os serviços da M4U nos canais digitais móveis da Bemobi junto aos mais de 2,2 bilhões de clientes potenciais das 76 operadoras de telefonia celular, distribuídas em mais de 40 países em que a empresa atua.

Além da sede no Brasil, a Bemobi tem escritórios na Ucrânia e Noruega, e funcionários nas Filipinas, Índia, Indonésia, África do Sul, Bangladesh, Vietnã e Paquistão. A Vinci Partners e o Pinheiro Guimarães atuaram como assessores financeiro e jurídico, respectivamente, pela Bemobi. A transação é sujeita à análise das autoridades concorrenciais.

Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button