5 GEmprego

Lucro da Brisanet aumenta 22% no 2º trimestre

A operadora regional Brisanet divulgou nesta segunda, 16, seus resultados financeiros do segundo trimestre. A companhia registrou lucro líquido de R$ 14,5 milhões, um aumento de 22% em relação ao mesmo período do ano passado. O EBITDA – lucro antes de amortizações e depreciações – caiu, no entanto, 10%, para R$ 44,1 milhões.

Em compensação, a receita bruta da empresa cresceu forte. Saltou 63,4%, para R$ 197,1 milhões, resultado da expansão da rede óptica e de aquisições recentes. Mais de 90% da receita bruta da Companhia vem de serviços de banda larga fixa por meio de fibra óptica.

Ao longo de 2021, a Brisanet adicionou 385 mil portas com expansão para 8 novas cidades, sendo duas delas capitais, e o crescimento contínuo em áreas onde já estava presente. A empresa fechou julho de 2021 com mais de 754 mil assinantes e a sua rede de franquias, Agility Telecom, contabilizou cerca de 154 mil assinantes no mesmo período. Com início das operações da Brisanet em Teresina (PI), e com ativação de clientes em Aracaju prevista para setembro, a Companhia estará presente, nos próximos meses, em 7 dos 9 estados da região Nordeste.

A telecom adicionou quase 50 mil portas por meio da rede de franquias Agility Telecom, e expandiu seu backbone em quase 900 km. Esse crescimento está refletido no maior fluxo destinado a investimentos, no valor de R$367 milhões durante o primeiro semestre de 2021; se comparado ao mesmo período de 2020, foi 140% maior.

Frente ao aumento no número de clientes, a Companhia também segue expandindo o seu quadro de funcionários. O Grupo Brisanet contratou mais de 2.100 novos funcionários nos primeiros seis meses deste ano, tendo uma média de 350 contratações por mês. Atualmente, a Companhia emprega mais de sete mil pessoas.

A Brisanet apresentou dívida bruta de R$ 1,12 bilhão e líquida de R$ 773,6 milhões em junho de 2021. O endividamento tomado é direcionado, explica a companhia, à expansão geográfica da rede de fibra óptica. A dívida bruta é composta por empréstimos e financiamentos, debêntures, obrigações de arrendamento e operações com derivativos de longo prazo. No IPO realizado em julho, a empresa levantou R$ 1,25 bilhão.

O capex da companhia no semestre foi de R$ 367 milhões, uma alta de 140% na comparação com o primeiro semestre de 2020. Vale lembrar que o grupo reduziu investimento na primeira metade do ano passado em função da chegada da pandemia de covid-19.

Desde o início da negociação na B3, em 29 de julho de 2021, até o dia 13 de agosto, as ações da Brisanet (BRIT3) apresentaram uma desvalorização de 4,8%, comparado a 4,0% do Ibovespa.

Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button