Emprego

Vero ingressa com pedido de IPO visando arrecadar R$ 1 bi


veroA Vero Internet protocolou, na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), prospecto preliminar para realização de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), com potencial de arrecadação estimado em R$ 1 bilhão. A operadora é controlada pela gestora de private equity Vinci Partners. 

A Vero nasceu em 2019 da união de oito empresas de internet do interior do estado de Minas Gerais, no sudeste do país. A companhia cresceu levando novas possibilidades para o interior do Brasil, entregando internet rápida, estável e confiável para aproximadamente 500 mil clientes, com mais de 1,81 milhão de homes passed. 

PUBLICIDADE

A operadora está presente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, em 152 cidades e conta com uma infraestrutura de cabos fiber-to-the-home (“FTTH”) de mais de 18,2 mil km e backbone de 5,5 mil km. Em 100 das cidades que atua, com presença há mais de 2 anos, a Vero é líder em market share em 60 delas e vice-líder em 30.  

A empresa cresceu 165% entre o 2T20, quando tinha 188 mil acessos e o 2T21, o que a permitiu alcançar o 1º lugar em 2021 considerando-se o ranking consolidado de ISP’s por número de conexões em Minas Gerais e no Sul do país, segundo dados da Anatel. 

No exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2020, considerando as empresas adquiridas em 2020 desde o momento do efetivo fechamento das operações, ou seja, a MKA e Click desde agosto de 2020 e a INB desde novembro de 2020, a Vero alcançou uma receita operacional líquida consolidada de R$ 211,3 milhões e um EBITDA ajustado de R$ 96,7 milhões mostrando um crescimento em relação ao ano anterior de 73,9% e 99,4%, respectivamente. Vale notar ainda que esse crescimento foi acompanhado de ganhos de eficiência, com aumento da margem EBITDA Ajustado de 39,9% em 2019 para 45,8% em 2020, um crescimento de 5,9 pontos percentuais.  

No período de seis meses findo em 30 de junho de 2021, também considerando as aquisições de 2021 desde o momento do efetivo fechamento das operações, o crescimento se mantém robusto de receita operacional líquida consolidada que foi de R$ 190,6 milhões, uma variação de 148,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. O EBITDA ajustado do período foi de R$ 90,5 milhões, o que representa um aumento de 148,7% em relação ao primeiro semestre de junho quando foi registrado R$ 36,4 milhões, mantendo a margem de EBITDA Ajustado em 47,5% para ambos os períodos, demonstrando que a Companhia segue crescendo de forma consistente e rentável. 

Na data do lançamento do Prospecto para a realização do IPO, o capital social da Companhia é de R$521.857.316,77 (quinhentos e vinte e um milhões, oitocentos e cinquenta e sete mil, trezentos e dezesseis reais e setenta e sete centavos), totalmente subscrito e integralizado, dividido em 850.526.691 (oitocentas e cinquenta milhões, quinhentas e vinte e seis mil, seiscentas e noventa e uma) ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal. Nos termos do artigo 6º do Estatuto Social, a Companhia fica autorizada a aumentar o capital social mediante deliberação do Conselho de Administração e independente de reforma estatutária, por meio da emissão de ações ordinárias, até o limite de 2.000.000.000,00 (dois bilhões) de ações ordinárias, nominativas, sem valor nominal, por deliberação do Conselho de Administração, que fixará o preço e a quantidade de Ações a serem emitidas, bem como demais condições de subscrição/integralização dentro do capital autorizado, assim como a exclusão do direito de preferência dos atuais acionistas da Companhia. 

A Vero é o quarto ISP a buscar a abertura de capital neste ano. A Desktop, Unifique e Brisanet concluíram seus IPOs com sucesso no mês passado. 



Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button