Emprego

Claro e Engie inauguram parque eólico


Claro e Engie

A Engie, geradora privada de energia, juntamente com a Claro, inaugurou o Conjunto Eólico Campo Largo 2. As empresas fecharam um contrato de longo prazo para fornecimento de energia.

PUBLICIDADE

Por meio do acordo, a Claro abastecerá mais de 90 unidades. Isso inclui data centers, headends e prédios administrativos, bem como a matriz da empresa, localizada em São Paulo. Com a conclusão da construção, a Engie alcança 1,26 GW de capacidade de energia eólica no Brasil.

O contrato entre a Claro e a Engie foi estabelecido entre 2018 e 2019 e tem duração de 12 anos. Ele faz parte do programa A Energia da Claro, que prevê o uso de energia limpa para o abastecimento das operações por meio de parcerias para a construção de usinas de geração distribuída. Define ainda a compra de energia limpa no mercado livre, em contratos de longo prazo no modelo PPA (Power Purchase Agreement). Além da adoção de medidas visando aumentar a eficiência energética da companhia.

O programa vai gerar mais de 600 mil MWh/ano provenientes de fontes renováveis até o final de 2022. Isso representa 80% da energia consumida em todas as operações e instalações da empresa de telecomunicações no Brasil. A estimativa é que o programa reduza a emissão de CO2 em mais de 100 mil toneladas ao ano, o equivalente à retirada de quase 420 mil carros de circulação.

“Neste segmento, trabalhamos com um modelo de negócios focado em contratos de longa duração e parcerias bem estabelecidas, justamente para ajudar a alavancar a construção de novas usinas”, afirmou Hamilton Silva, diretor de Infraestrutura da Claro. (Com assessoria de imprensa)



Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also
Close
Back to top button