Emprego

MCom estuda incluir fibra óptica no programa WiFi Brasil


O Ministério das Comunicações estuda uma forma de incluir acessos terrestres de fibra óptica no programa WiFi Brasil – antigo Gesac. O programa conecta escolas, postos de saúde, postos de fronteira, unidades básicas de saúde e outros estabelecimentos públicos com internet rápida provida pela Telebras, dona do satélite brasileiro SGDC, em parceria com a empresa Viasat.

A ideia é substituir pontos satelitais por pontos conectados com fibra no locais onde esta já chegou. Para isso, está sendo feito um mapeamento da infraestrutura disponível onde há atendimento pelo programa. Os acessos satelitais seriam transferidos para áreas ainda não atendidas e sem rede terrestre óptica. Atualmente existem cerca de 15 mil pontos do WiFi Brasil no país. O programa, ainda como Gesac, foi lançado pelo governo federal em 2002.

Artur Coimbra, Secretário de Telecomunicações do MCom antecipou a informação durante o Painel Telebrasil, que acontece hoje, 21, em modalidade virtual. Ele também falou que a Pasta quer ampliar o programa, mas precisa de dinheiro. Por isso, vai agir em duas frentes: renegociar contratos atuais e disputar mais orçamento.

O MCom, contou o secretário, está promovendo uma revisão dos contratos firmados para o fornecimento de conexão satelital de banda larga dentro do programa WiFi Brasil. Ele não disse quanto espera economizar, nem em quanto tempo. A revisão dos contratos já era prevista em cláusula acionada a cada três anos. “Queremos ter conectividade [nos locais] pelo menor custo possível”, avisou.

Com preços mais baixos na contratação do pacote satelital, o MCom espera ampliar o número de pontos instalados, disse. A Pasta também quer convencer a Economia de que precisa de mais orçamento para ampliar a iniciativa.



Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button