Emprego

Rede de IoT no porto de Santos avança com proposta da NLT


Estudo levou em consideração resultados de grandes portos do mundo, como os de Rotterdam, Cingapura e Hamburg - crédito: divulgação
Estudo levou em consideração resultados de grandes portos do mundo, como os de Rotterdam, Cingapura e Hamburg – crédito: divulgação

A NLT desenvolveu um estudo para implantação de rede LoRa que irá possibilitar inúmeros recursos de Internet das Coisas no Porto de Santos. A ação, feita em parceria com a Everynet e a American Tower, foi apresentada à Santos Port Authority (SPA) e a representantes de terminais.

A iniciativa atende ao Edital de Chamamento Público nº 01/2021 da SPA, lançado em janeiro, que tem como objetivo “obter as melhores condições de mercado, engenharia e legalidade para implantação dos recursos de IoT em toda a área do porto e terminais”.

PUBLICIDADE

O estudo desenvolvido pela NLT levou em consideração os resultados com IoT obtidos por grandes portos do mundo, como os de Rotterdam, Cingapura e Hamburg. O levantamento teve como foco a infraestrutura inteligente e automatizada; e o fluxo inteligente e adaptável de tráfego e cargas.

“Com esta iniciativa, a SPA intensifica sua posição de fomentadora de inovação tecnológica no Porto de Santos, para eventual uso da própria Autoridade Portuária e dos terminais”, afirma Fernando Biral, diretor-presidente da Santos Port Authority.

“O mais amplo acesso à informação e à adequada gestão de dados, decorrentes da implantação de comunicação entre máquinas, telemetria e dispositivos de sensoriamento com ações remotas ou automáticas, terá efeito direto sobre a produtividade no Porto de Santos. Como especialista em conectividade para IoT, a NLT tem orgulho em poder contribuir com esta evolução”, diz André Martins, CEO da NLT.

 



Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button